Inovando no mercado, ao retirar o malte e o lúpulo da receita, a cervejaria Itaipava deve eliminar a água na produção da cerveja em São Paulo pensando na escassez que a cidade sofre.

Se por um lado a redução de custos é palavra de ordem nas grandes cervejarias por outro a sustentabilidade é um fator decisório na escolha para implantação de uma nova fábrica.

O Grupo Petrópolis desenvolveu desta vez uma tecnologia para criar uma cerveja em pó e pretende lançar-la em embalagem de sache, para ser misturado em um copo de água da preferência do consumidor. Com isso a cervejaria irá reduzir custos na produção, como por exemplo no consumo e tratamento de água e na própria embalagem inovadora.

-Água é uma matéria prima escassa e queremos mostrar aos nossos clientes esse cuidado extremo que temos com nosso planeta, investindo em formas de criar bebidas sem água! Afirma Emilho Harros sobre a ação com fim ecológico.

Anúncios