No último final de semana (dias 24 e 25 de outubro) a alta gerência da Confraria Batom no Colarinho realizou a prova do ENEM (Exame Nacional do Ensino do Mé). Na saída da avaliação, nossa equipe conseguiu falar com  Ruiz de Conta, uma das integrantes da  Confraria.

-Estamos bem confiantes na nota da redação, já que tocou num tema que é justamente a nossa abordagem: questões de gênero. Só estamos preocupadas com a nota de matemática, já que o tema das questões foi falta d’água e volume morto, utilizando problemas envolvendo medidas de volume em cada uma delas – afirmou.

Mais tarde, a divulgação do gabarito confirmou o esperado: todas zeraram matemática. Pelo facebook explicaram que o principal motivo foi terem confundido as medidas de 350ml e 500ml, o que gerou um erro de cálculos em cadeia.

Na contramão deste caso, Vandré Reme, cervejeiro da Cervejaria Umbanda, gabaritou matemática, porém zerou redação. Via whatsapp ele se justificou para nossa equipe.

-Confesso que não esperava essa tragédia. Comecei falando sobre padrões estéticos e ditadura da magreza sofrida pelas mulheres, introduzindo o conceito de gordelícia, e finalizei falando sobre abuso sexual, afirmando que as primas foram feitas para que os homens aliviem as irmãs – lamentou.

Anúncios