O Rio de Janeiro recebeu essa semana a esperada cerveja Stone IPA. Distribuídos entre bares de todas as regiões da cidade, os barris de chope ajudaram e reduzir a crise que assola o país, acabar com a fila dos hospitais e livrar o mundo das cáries, graças ao valor agregado a cada pint servido.

O Boteco Histeria, tradicional recanto coxinha da Zona Norte da cidade, conseguiu vender todo um barril de 50 litros, o que levou seus donos a se aposentarem. No momento, cada pint estava cotado a 2 rins no mercado informal.

– Sabíamos que o preço do chope era proibitivo, mas mesmo assim o bar ficou cheio até o barril acabar. Quando fechamos o caixa, não acreditamos no sucesso que foram as vendas – afirmou Saulo Teló, sócio do estabelecimento.

Com o lucro obtido pelas vendas, Teló planeja doar o bar para caridade, pois não precisa mais do dinheiro, e viver o resto de seus dias no Caribe, cercado de seguranças e produzindo cerveja caseira.

Há rumores que a Caixa Econômica estuda substituir o prêmio da Mega Sena por barris de 20, 30 e 50 litros do desejado chope.

Anúncios