O renomado diretor Guilherme Fontes IV da Baviera foi convocado de última hora para assumir o aguardado documentário sobre a cerveja Petroleum, produzido pela Pum Cervejaria. Produtor do filme Chatô, o Rei do Brasil, que levou apenas 20 anos para ser concluído, Guilherme avalia este projeto:

-Fiquei emocionado com o convite. Tenho certeza que este filme será entregue em tempo recorde. Antes de 2030 poderemos ver a emocionante história desta cerveja. O orçamento já foi estourado quatro vezes desde que eu cheguei aqui, e vamos captar mais cerca de 12 milhões para concluir a obra, em homenagem ao teor alcoólico desta cerveja – concluiu o Duque e cineasta, que ainda observou que, mesmo depois de pronto, o documentário só será lançado depois que todos conseguirem escrever Reinheitsgebot sem consultar o google ou contar com corretor ortográfico.

Para o cervejeiro da PUM, Marcílio Fortão, esta aquisição agrega muito valor ao filme.

-Ter alguém do calibre deste homem nos dá certeza de que um dia finalizaremos este filme. Nossa primeira brassagem demorou mais de um dia para sair, por que o filme deveria sair rápido?

Anúncios