Como já dito aqui nesse folhetim periódico sem data certa de circulação, o Departamento Mais Sommelier (DMS) está sempre atento às publicações sobre cerveja no feicibuqui. Há tempos este renomado instituto vem deixando algumas postagens sobre a Skol BEATS (Breja Enganosa Adorada por Todos os Sadomasoquistas)  passarem em branco, mas após um e-mail revoltado do Capeta, desmentindo a autoria de tal criação horrível, a informação de utilidade pública foi inevitável. O texto abaixo é uma reprodução fiel do que consta no site oficial do DMS.

“Preocupados com a sanidade mental da população, viemos por meio deste esclarecer que Skol Beats Senses NÃO é cerveja.

A fabricante diz que “ela é uma bebida com base de cerveja e álcool proveniente de cerveja. No entanto, é uma bebida alcoólica diferente, com sabor cítrico e refrescante, paladar mais agradável e suave. Ela é classificada como produto misto, com base de cerveja”.

Perceberam? Ela é feita com extrato de cerveja (se é que isso existe). Pense nisso antes de cantar musiquinha e compartilhar meme idolatrando essa obra que nem mesmo o Capeta quer que seja vinculada ao nome dele. Se os 7,9%ABV dela te impressionam, saiba que na Bélgica a Tripel Karmeliet, de 8,4%ABV, é café da manhã! Quer “tirar onda” na rede social dizendo que ficou porrado na primeira garrafa? Então vê se da próxima vez posta a Sink The Bismarck, 41%ABV, da Brewdog.”

DMS, sempre presente na cerveja brasileira

Brasil, um país de todos os estilos de cerveja do BJCP

Saudações aos brejeiros,

Luís Dias Cetil
“Líder da bancada amanteigada da Câmara.”

Anúncios