Seguindo a tendência de cervejas com nomes de banda, o Molejão anunciou hoje seu rótulo exclusivo, feito pela cervejaria Bambenga, do vanguardista Alexander Catzzo.

-É uma felicidade imensurável poder fazer a cerveja de uma banda que representa tão bem o samba rock progressivo do nosso país. A adição de pêra, uva, maçã e salada mista proporciona uma explosão de aromas, que vai varrendo qualquer má impressão que o consumidor possa ter da cerveja- explicou Catzzo, que disse cogitar também fazer uma fruit lambic com moranguinho do nordeste em homenagem ao Frank Aguiar.

Wanderson Valley, vocalista do Molejão, se mostrou também bastante animado com o lançamento e resolveu divulgar em primeira mão no Cervejonalista a nova versão de uma das músicas da banda, homenageando a cultura cervejeira:

“Dança do SENAI lá de Vassouras”

Diga aonde você vai, que eu vou brassando

Diga aonde você vai, que eu vou brassando

Vou brassando,vou brassando, vou brassando, vou brassando

Vou brassando, vou brassando, vou brassando, vou brassando

(2X)

Ô Kriek Bier eu sou teu fã!

Ô Kriek Bier eu sou teu fã!

Bebo Lambic até de manhã!

Bebo Lambic até de manhã!

(2X)

E dança a long neck, é latinha nessa porra

E dança a long neck, é latinha nessa porra

Agora todo mundo do SENAI lá de Vassouras

Agora todo mundo do SENAI lá de Vassouras

(2X)

Gire pá pra esquerda

Jamais pra direita

Decanta esse trub pra IPA ficar mamaneira

(2X)

Bora botar pra fermentar

Bora botar pra fermentar!

Derrama nesse balde, sem fazer alarde

Bota um airlock e deixa borbulhar

(2X)

Anúncios