Após uma postagem emocionante no Feicebuqui falando sobre o futuro da Lei de Pureza Alemã e como ela pretende incluir frutas nas próximas revisões, Alessandro Catzzo, da Cervejaria Damnberg, sofreu um mal súbito. Ao pesquisar na internet sobre a Lei para conhecer melhor o tema, descobriu que a mesma não está em vigor desde 1987. Um amigo próximo relata o ocorrido:

-Eu estava bebendo uma Lightstruck direto do tanque quando ouvi ele gritando algo como ‘não pode ser’, ‘agora o que vou fazer’, e de repente simplesmente desabou no chão. Foi assustador, todos correram para acudir.

O cervejeiro já está medicado e passa bem. Mas este não foi o único incidente no dia em que a Reinheitsgebot completa 500 anos. Cervejeiros alemães de Blumenau fizeram uma carreata contra as cervejas impuras. Um cervejeiro caseiro, após assistir palestra sobre primming para refermentação, bradou com a nossa equipe de reportagem:

-Tiveram idiotas fazendo cervejas com água de coco e artemísia. É por isso que esse país não vai para a frente, aqui ninguém respeita as leis. Vem para a rua pela moral e a boa cerveja!

Anúncios