A cervejaria Bambenga lançou na tarde de ontem um rótulo em homenagem ao atual momento político do país. Do estilo Imperial Red IPA, a cerveja carrega potentes 15% abv, 45 IBUs e foi batizada de Tchau, querIPA.

-Sempre me cobraram uma IPA no meu portfólio, porém o que muitos não sabem, é que eu não fazia IPA exatamente pelo alto preço do lúpulo durante o governo PT (Partido Tripel). Agora, com a troca de governo, tenho certeza de que pagarei menos da metade do preço pelo lúpulo, e de que o real passará a valer mais que o dólar, inclusive. Digo mais: é bem provável que o Brasil passe a ter o clima Europeu, facilitando o plantio de lúpulo em larga escala. – explicou Alexander Catzzo, dono da Bambenga.

Murilo Beltramoney esteve presente no lançamento e também falou ao Cervejonalista sobre o momento.

-É, sem dúvida, um momento histórico. Vim direto do Bahamas pra cá. O open bar lá estava ótimo e devo dizer que é muito gratificante aproveitar as “forras” prometidas pelos amigo, caso a presidenta caísse. – afirmou Murilo, conhecido por estabelecer relações interpessoais apenas por interesse financeiro ou de troca de favores.

A “Tchau, querIPA” já consta nas dicas gastronômicas da Revista Breja e é bem procurada nos sites de venda. No entanto o atual presidente não parece interessado, uma vez que Catzzo enviou uma garrafa, e teve seu presente negado. A assessoria do presidente esclareceu que ele só bebe Lúcifer, por motivos óbvios.

Anúncios