Inspirado na Marcha pra Jesus, um grupo de Çommeliêrs de São Paulo resolveu realizar a primeira edição da Marcha pra Deus, reunindo diversos Beer Esnobes num ato de louvor e adoração à cerveja DeuS, conhecida pelo preço, digamos…  digna de um bom terreno pago pelo dizimo..

-Agora que conhecemos a verdade, jamais voltaremos para o mundo de trevas da Skol. E digo mais: vejo alguns dos nossos bebendo Heineken no bico, quando sabemos que ter estilo é bebê-la em seu copo original. No bico só fica cool se for num evento de cinema francês ou hipster – afirmou Eli Techata, líder do movimento.

Quem foi à marcha pôde comprar um “kit manifestação” vendido pelo MBL (Movimento dos Brejeiros Liberais), composto por camisa com a estampa “Boteco, Birosca & Barzin”, taça ISO e um chiclete especial com adesivo de tatuagem de lúpulo para colocar no antebraço.

-Estamos aqui pra louvar a DeuS, uma cerveja que mostra nosso diferencial. Pagamos caro por aquilo que bebemos, então logicamente temos bom gosto. Quando é que uma Brahma, por exemplo, custaria 200 reais? Só mesmo aquela que eles fizeram com cevada da Granja Comary, que inclusive eu comprei e achei muito boa. Notas de Comary bem presentes no retrogosto – afirmou Gastão Dotudo Embirra, um dos participantes da marcha.

Anúncios