Começou hoje a venda do primeiro lote de ingressos do IPA Day 2016. Muitos já  se programavam para aproveitar a fila festa em agosto mas o evento foi marcado para novembro. O organizador Gabriel Mosqueteiro falou ao Cervejonalista sobre a mudança.

-No ano passado tivemos uma grande procura e paramos o meio cervejeiro! Foi um verdadeiro sucesso! Aliás, foi tanto sucesso que ainda temos pessoas na fila da Brewdog esperando a troca do barril da Hardcore, que saiu de navio lá da Escócia  há uns dois meses. Sendo assim resolvemos que o próximo IPA Day só começa quando a última pessoa da fila, que se formou no ano passado, conseguir beber seu chope – afirmou Mosqueteiro .

O último da fila é Seu Rubens Barrilvelho, que inclusive é repórter do Cervejonalista, porém a saga de ser o último atrasou sua estréia.

-Eu ia estrear no Cervejonalista analisando as cervejas servidas no IPA Day, porém ainda não consegui beber nenhuma, mas logo isso vai mudar. Nesse tempo que já estou aqui tentei até escrever algumas pautas, só que o sinal de internet na região é muito ruim, o que nos deixa isolados e até  com dificuldade para pedir ajuda. Precisamos de água e produtos  de higiene pessoal, por exemplo, mas como a festa é open bar, ninguém quer perder o lugar na fila. Outro efeito do isolamento é que ao sair daqui eu vou acabar perdendo a noção do que é pauta nova e pauta velha – afirmou Seu Rubens Barrilvelho.

Algumas inovações foram preparadas para a próxima edição, o que inclui um serviço de compra online que dá direito a um despachante para ficar na fila pelo cervejeiro, bem como posto avançado de um cartório que promoverá casamento coletivo de pessoas que vão se conhecer nas filas. A instalação de maternidade ainda está em análise por questões de assepsia. Por ter azedado em 2015, chegaram a cogitar a troca o nome do evento para Lambic Day, no entanto a organização preferiu manter o IPA Day, alegando que a inspiração vem da clássica  fila indiana.

Anúncios