O império humorístico cervejeiro do Cervejonalista, especialista em verdades inventadas, estenderá seus domínios para a TV por assinatura. O megaconglomerado anunciou hoje que contratou a sommelière Hannah Goreth para comandar o reality Cervejantas, que trará as altas confusões de um grupo de sommeliers em busca de conhecimentos 100% verídicos sobre cerveja.

Vimos uma entrevista da Gorete na TV Uau e ficamos impressionados com seu vasto conhecimento sobre cervejas. Por isso decidimos que os episódios do reality serão construídos unicamente a partir dos conteúdos abordados nos cinco minutos daquela entrevista. Ela merece esse espaço, e o Brasil precisa disso – afirmou Charla Atão, diretor contratado pelo Cervejonalista para comandar a novidade que irá ao ar na Globomaster Menos.

Empolgada com a novidade e a guinada na carreira, Hannah Goreth deu spoiler na sua página de feicibuqui.

-Então, gente… vamos começar as filmagens em MG, onde surgiu o estilo Trípol, que exala aromas encorpados e apresenta corpo turvo quando acondicionado numa caldereta. Falaremos também sobre a Baden Baden, que foi a primeira cervejaria brasileira a importar insumos. Vou aproveitar esse gancho para usar arquivos pessoais meus da década de 1980, quando visitei um latifúndio de monocultura de lúpulo em Goiás, onde hoje há plantações de soja. Depois partiremos para a Europa, onde visitaremos fábricas de Kriek Irlandesa, e também passarei treinamento aos sommeliers, com técnicas para evitar TPM a partir do consumo da Chocoleite da Youngs. O interessante nessa etapa é que também levantarei dados de mercado da Guinness, que é apontada pela OMC (Organização Mundial da Cerveja) como responsável por 80% do consumo de cervejas escuras no mundo. Haverá uma competição entre os sommeliers para decidir qual deles fala com mais classe que a Guinness é uma stout encorpada. Aliás, ainda nesse episodio explico a minha versão do BJCP, onde “escura” vira estilo. O sommelier que se sair melhor na prova final, convencendo o primeiro leigo escolhido aleatoriamente na rua sobre as IPA’s que surgiram nas viagens de navio entre Inglaterra e Índia, participará no último episódio, junto comigo, de uma grande churrascada na Austrália, afinal, é só o que eles sabem fazer – afirmou Goreth.

Apesar de supostamente diminuir a audiência, o Cervejonalista diz, em nota, que o spoiler é estratégia de marketing, uma vez que haverá episódio bônus sobre análise sensorial, ensinando a diferença entre gosto e retrogosto, além de aprofundar no conceito de corpo turvo. Uma prova prática também trará bastante adrenalina, onde os sommeliers terão que produzir Barleywine através de mosto de uva. Avisado de que isso também era spoiler, o Cervejonalista retirou imediatamente a nota do ar.

Anúncios