O anúncio da aquisição da Brasil Kirin pela Heineken foi feito hoje, e com isso a verdinha aumenta sua força no mercado nacional. Com a nova controladora, o primeiro anúncio feito foi de que, assim como a Heineken, a Nova Schin também ficará melhor do que a Stella Artois. O cervejeiro Lait Struke explicou a novidade:

-Para competir na categoria, colocaremos a Nova Schin na garrafa verde. Assim como a Stella, vamos usar garrafa menor e vender pelo mesmo preço de uma garrafa de 355ml e com isso aumentar nossa lucratividade. Em termos de sabor, manteremos a base de milho e malte, com quase nada de lúpulo, mas o diferencial será uma dose extra de lightstruck na garrafa, gerando o que chamamos internamente de Imperial Heineken. Agora, beber nova Schin será “cool”!

O baterista e especialista em harmonização de música e cerveja, Saidaqui Hormilho, comentou a compra.

-Capaz, parece uma composição complexa. Parece aquela velha canção do Chico Buarque, Flor da Idade, tchê. Heineken, que compra Brasil Kirin, que compra Schin, que compra Devassa, Baden Baden e Eisenbahn…

Anúncios