O Wrong Beer Again, importante concurso cervejeiro, terá uma etapa no Brasil pela primeira vez na história. Após discussões com o DMS (Departamento Mais Sommelier), o grande destaque desta competição será o serviço inédito utilizando apenas a técnica de Brazilian Pour. Editores, colaboradores e terceirizados da página Sommelier da Depressão foram convidados para a condução do serviço, sendo os especialistas mundiais de maior destaque. O editor do SDD, Xuxada Nator Nera, celebrou o reconhecimento:

-São anos de experiência nessa técnica do copo cheio de espuma e de torneira enfiada no líquido… O Brasil poderá, finalmente, mostrar para o mundo toda a sua singularidade de serviço. Teremos, ainda, os melhores lavadores do copo do país, conhecemos todos eles. Com apenas meia garrafa de cerveja poderemos encher copos para todos os jurados, em todas as etapas de julgamento – afirmou Xuxada em tom descontraído.

Outra peculiaridade será a criação da categoria American IPA sem Dry Hopping, que diversos especialistas acreditam ser o início da tão aguardada escola brasileira cervejeira. O organizador do evento, Remei de Manhã, explicou como será o WBA no Brasil.

-Serão distribuídas cerca de 489 medalhas de ouro, 1.200 de prata e 5.000 de bronze, e finalmente todas as cervejarias do Brasil poderão dizer que tem a melhor cerveja do mundo. Achamos injusto apenas 20 cervejarias nacionais dizerem isso todo dia – explicou.

Anúncios